Um Plus a mais no intercâmbio

Um Plus a mais no intercâmbio

Se você planejar sua viagem de maneira certa, ela pode incluir muito mais do que estudar e visitar pontos turísticos. Você pode ir para alguns dos melhores festivais do mundo.

Quem pretende fazer intercâmbio quer mais que apenas se aperfeiçoar no idioma de determinado país. A cultura, a geografia e a culinária do local também são atrativos que prometem um grande ganho pessoal para aqueles que estão dispostos a sair da zona de conforto e mergulhar em uma realidade completamente diferente da original. Para Bárbara Coelho, à frente da Wide Intercâmbio, as melhores opções para se inserir nessa nova cultura são os festivais típicos dos países, que proporcionam uma experiência única tanto para os intercambistas de primeira viagem quanto para quem está visitando o país pela segunda ou terceira vez.

 albuquerque

De acordo com a empresária, os pontos turísticos dos locais são sempre a primeira escolha dos estudantes, mas eles não têm muito a oferecer além de belas fotografias. “Quem quiser realmente entender a cultura de um povo, deve conhecer as grandes festas, desfiles e paradas musicais daquela região, que são riquíssimas culturalmente”, comenta Bárbara. Entre os preferidos dos que viajam para os Estados Unidos, terceiro destino mais procurado pelos aventureiros, estão o Festival Internacional de Balonismo, na cidade de Albuquerque, e o Burning Man Festival, em Black Rock City, Nevada. No primeiro, os fãs de balões podem conferir ao vivo o desfile que reúne 700 balões de diversas partes do mundo, além de 1 milhão de curiosos e balonistas amadores que vão para prestigiar esse momento mágico. Já o segundo é ideal para quem gosta de excentricidade. O festival, que dura uma semana, conta com festas de 24h, que reúnem música, arte e cultura hippie. Na fronteira com os Estados Unidos, o México se colore no primeiro dia de novembro para celebrar o Dia dos Mortos, em uma espécie de halloween latino, com muitas cores, músicas, comidas típicas e pessoas fantasiadas homenageando a grande figura folclórica local, a La Catrina.

 holi burningmantomorrowland

Já quem prefere destinos exóticos, como a charmosa Bélgica, pode se aventurar no maior festival de música eletrônica do mundo: o Tomorrowland. Que por sinal é puro babado! Realizado na cidade de Boom, a parada musical reúne, anualmente, mais de 100 mil pessoas para dançar entre os três dias de festa, nos últimos dias de junho. Quem for viajar para a Índia também pode conferir as novidades da música eletrônica no Festival Holi, também conhecido como Festival das Cores. A festa, aliás, foi a precursora do Happy Holi Festival, realizado em diversas cidades brasileiras, inclusive no Recife. “Para aproveitar, basta organizar bem a rotina. Para isso é interessante saber com antecedência o preço das passagens, a estrutura do festival e os horários”, pontua Bárbara. “Como a maioria das aulas acontece em apenas um turno, sobra bastante tempo para explorar a cidade”, completa a empresária.

Rapha

Related Posts