Natural chique: o calor pede looks descomplicados e com pegada artesanal

Natural chique: o calor pede looks descomplicados e com pegada artesanal

Refazenda (3)

Crochê, renda, palha, ráfia. Neste verão, a aposta é investir em materiais que lembram elementos naturais. Afinal, a ideia é trazer frescor e sofisticação para os dias de temperaturas elevadas. Magna Coeli, estilista à frente da Refazenda explica que as peças que se adéquam a esta estética são confeccionadas manualmente, cada detalhe. “Tratam-se de modelos que trazem essa áurea natural”, comenta. Quem ainda está se adaptando à tendência, pode dosá-la apostando em detalhes, seja um bordado em estopa ou uma renda estratégica. As combinações em cores claras e neutras, como o branco e o bege são as mais usuais e combinam perfeitamente com o frescor da estação tropical. Acessórios em patchwork, ou seja, feitos com retalhos reaproveitados dos tecidos, também estão em alta, pois criam peças exclusivas, já que nenhum retalho é igual ao outro. É a máxima do “nada se perde, tudo se transforma” adaptada para as passarelas. A tendência é vista com bons olhos não apenas pelas fashionistas, mas também pelos consumidores conscientes. “Um produto que é sustentável, mas não é bonito, você compra uma vez por empatia à causa e acabou. Se for desejável, a cadeia produtiva gira”, defende Nina Braga, diretora do Instituto- E, organização que dissemina ideias e práticas de sustentabilidade. A Refazenda, com expertise no segmento de moda sustentável há mais de vinte anos, também prega esta afirmativa e mostra por meio de suas criações que é possível aliar design e conceito à produção artesanal.

_DSC0639 _DSC0678

Rapha

Related Posts