Criolipólise: saiba o que é e para quem é recomendado.

Criolipólise: saiba o que é e para quem é recomendado.
Crédito da imagem: buoyhealth.com
Entenda como funciona a criolipólise e tire suas principais dúvidas
sobre o assunto.Ah, as gordurinhas! Quem é que não se sente incomodada com
elas? Mas bom mesmo é saber que existem maneiras de reduzi-las!
A criolipólise é um procedimento não cirúrgico que promete ser
aliado na redução da gordura localizada.
Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o
final!
O que é criolipólise e como ela funciona?
A criolipólise  é uma técnica estética que serve para reduzir medidas
e age contra as temidas gorduras localizadas.
O que faz a criolipólise ser a queridinha do momento é o fato
de que sua técnica não invasiva e não cirúrgica permite resultados
excelentes para alavancar a auto estima, deixando o corpo ainda
mais bonito.
O procedimento faz uso de um aparelho específico que suga
a pele, resfria e destrói suas células do tecido adiposo (o odiado
tecido de gordura), causando a redução das medidas locais.
Como as células de gordura são sensíveis ao frio, é assim
que se dá o mecanismo de ação do aparelho. Muitas pessoas
acabam tendo medo, mas a técnica não causa dano algum a outros
tecidos, nervos ou músculos próximos. Na verdade, ela só mata a
célula de gordura e acaba com nossas gordurinhas localizadas.
Em quais regiões do corpo a criolipólise pode ser realizada?
De acordo com a área do corpo, existe uma ponteira específica
para aplicação, e geralmente a criolipólise é realizada nos seguintes
locais:
Abdômen
O abdômen é a região mais procurada para o procedimento e
pode ser tratada tanto na sua porção superior (acima do
umbigo) quanto inferior (abaixo dele). Dependendo da
quantidade de gordura regional, os aplicadores podem ter
tamanhos variados entre o médio e grande.
Costas
A criolipólise nessa região é muito procurada por mulheres
que se incomodam com a famosa “gordurinha do sutiã”.
Peito
Quem adora essa localidade são os homens, que se
beneficiam da técnica para retirar o excesso de gordura da
região das mamas, fazendo uma breve lipomastia.
Flancos
A região dos flancos, que corresponde à cintura, também
pode aproveitar os benefícios da criolipólise.
Culotes
Quando a gordura se acumula acima do quadril, na região dos
culotes, a criolipólise pode ajudar bastante, contribuindo até
para melhorar o aspecto da região (que geralmente associa
um quadro mais comprometedor de celulites).
Coxas (parte interna)
Geralmente quem apresenta problemas de celulite na região
interna das coxas também opta por recorrer à criolipólise para
diminuir o acúmulo de gordura localizada.
Papada
A gordura é resfriada na área logo abaixo do queixo. Nessa
região, os aplicadores utilizados costumam ser bem
pequenos, visto que é uma área mais sensível e de difícil
aplicação.
Região pubiana
O acúmulo de gordura que mais incomoda na região pubiana
é aquele localizado logo acima da área genital. Graças à
criolipólise, é possível reduzir seu aspecto desagradável, que
geralmente vem associado com a flacidez local.
Braços
Para quem não deseja se submeter a uma cirurgia plástica
para diminuir a gordura localizada nos braços, é possível
recorrer a esse procedimento minimamente invasivo para
ajudar.
Para quem o procedimento é indicado?
É importantíssimo que você entenda que, apesar de reduzir
as pequenas medidas locais, agindo sobre a gordura, a criolipólise
não é um tratamento para quem sofre com sobrepeso ou
obesidade.
.
Afinal, tais condições abrangem uma série de fatores
fisiológicas que devem ser tratados por uma equipe multidisciplinar.
Por isso, a técnica deve ser realizada por pessoas que sofrem
com gorduras localizadas e que querem minimizar a aparência dos
“pneuzinhos”.
Caso a região tenha muito acúmulo de gordura e a criolipólise
não seja o suficiente, talvez seja melhor optar por uma lipo. Apesar
de ter seus riscos, se bem realizada, ela pode ser muito efetiva para
gordurinhas que não saem nem com dietas, exercícios e a própria
criolipólise.
Quantas sessões são necessárias?
Tudo depende de cada caso. Em geral, duas sessões
costumam ser suficientes para resultados expressivos, mas alguns
casos demandam maior quantidade de aplicações.
Os efeitos finais do procedimento costumam ser sentidos
após três meses, em que é possível perceber a diferença de
medidas.
Embora os resultados variem de pessoa para pessoa, estudos
indicam que a técnica pode reduzir até 25% da gordura local.
Como potencializar os resultados da criolipólise?
É claro que somente a criolipólise não é o suficiente para nos
deixar livres da gordura localizada, bom se fosse assim!
Para que você tenha melhores resultados, o ideal é seguir
algumas dicas e introduzir alguns hábitos no seu dia a dia, como:
 Consuma gorduras benéficas para a saúde
Estudos científicos comprovam que ingerir gorduras
saudáveis diminui nossos estoques de gordura localizada.
.
Capriche nas oleaginosas, abacate e azeite extra virgem.
 Elimine o excesso de açúcar
Açúcar em excesso compromete não só a estética, mas
também a saúde.
Para iniciar, que tal deixar de lado o refrigerante?
 Aumente a sua autoestima e bem-estar
Pessoas que vivem estressadas e sofrem com problemas de
depressão tendem a estocar muito mais gordura do que as
demais.
 Ative o seu metabolismo
Realizar ações que ativam o metabolismo auxiliam a queima
do tecido de gordura, diminuindo seus estoques corporais.
Para isso, você pode: tomar bastante água gelada e chá
verde; consumir alimentos termogênicos (como pimenta,
canela, gengibre e café) e caprichar nos exercícios de
intensidades intervaladas (os famosos HIIT).
Todas essas dicas funcionam muito bem para combater a
gordura localizada e ajudar ainda mais com os resultados da sua
criolipólise.
Outros aspectos importantes
Apesar da gordura localizada ser um grande problema na vida
das mulheres, é bom saber que existem soluções para minimizar a
condição.
Graças à criolipólise, é possível diminuir os “pneuzinhos”
mesmo sem passar por procedimentos invasivos.
.
Só lembre que não existe milagre! Uma dieta balanceada e
prática frequente de exercícios físicos ainda são ótimas opções
para solucionar o problema e ajudar ainda mais a garantir
resultados expressivos com tratamentos estéticos.
Gostou do conteúdo de hoje sobre a criolipólise? Comente
logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!
Rapha

Related Posts