Crítica de It: A coisa

Genteeeeeeee, It – A coisa consegue comprovar que mescla bem duas das mais importantes vertentes da obra de King: a amizade/relacionamento entre protagonistas e como eles se relacionam como medo. No filme esse medo está relacionado ao bullying, à infância e principalmente ao palhaço macabro Pennywise. O grupo de crianças selecionado é extremamente afiado e talentoso.
O diretor Andy Muschetti parece ter dado um traço particular a Pennywise, ao mesmo tempo que respeita o que a essência do personagem representa.
Toda essa sintonia de direção e elenco cativa o público e consegue arrancar gargalhadas e gritos quase que ao mesmo tempo!
Eu sendo você corria logo, no dia 7 de Setembro no cinema mais próximo pra conferir It: A coisa.
“will float too”

mm

Rafis

Que saber de tudo o que rola sobre os babados das CELEBRIDADES e FILMES? Entra aqui no @omundodagringa com euzinho, o Rafis, pois contarei TUDO e a mais pura verdade!