Aprenda a usar brincos, colares, pulseiras e anéis adequadamente

Aprenda a usar brincos, colares, pulseiras e anéis adequadamente

Saiba como combinar cada acessório com o corte de cabelo, roupa e estilo

 A atriz Olivia Wilde aposta na tendência - reprodução internet

Para as mulheres, os acessórios fazem toda a diferença na composição do look. Eles são indispensáveis para completar o visual e garantir um ar mais despojado ou mais elegante de acordo com as peças selecionadas. Por isso, saber como combinar brincos, colares, pulseiras e anéis adequadamente de acordo com o corte de cabelo, roupa e estilo é o melhor caminho para não errar.

 Anel CiS Coleção Flow - Foto Gustavo Glória

Famosas usam braceletes e pulseiras cuffs - Reprodução Internet (1)

Segundo Cris Lemos, designer da CiS Joias, os brincos grandes devem ser usados quando eles forem o destaque do look e, por isso, o ideal é que os cabelos estejam presos. “Já com o cabelo solto, é recomendável utilizar os brincos de tamanho médio para que a composição final não fique over”, ensina.

 Brinco CiS Coleção Flow- Foto Gustavo Glória Brinco CiS - Foto Carol Mayer

No quesito colares, é preciso ter atenção quanto aos maxi. “Eles estão muito em alta agora no inverno, mas é necessário tomar cuidado quanto à combinação. Se a roupa é bastante colorida ou possui muitos detalhes na região frontal, como pedraria, franjas bordado e aplicações, não se deve usá-los porque as atenções já estarão voltadas para a área”, explica Lemos. Nesse caso, o melhor é usar colares mais simples e vice-versa.

 Anéis CiS - Foto Luciano Alpes

Quanto aos anéis, Cris sugere que não se use a mesma quantidade de anéis nas duas mãos. “A dica é usar, por exemplo, dois em uma mão e um na outra. E atentar para o tamanho das peças. Se um deles é maior, os outros devem ser um pouco menores ou mais delicados”, sugere. Na hora de combiná-los com pulseiras, vale fazer uma análise e decidir o que ganhará mais destaque. Depois, é só usar a mesma técnica. Se os anéis forem máxi, as pulseiras devem ser mini. E, se as pulseiras forem maxi, os anéis devem ser menores.

 Cis (21)

A regrinha citada acima de maxi e mini também se aplica ao uso de colares e brincos. Se a produção pede um colar grande, o brinco deve ser pequeno. Já se o brinco pede maior visibilidade, o colar deve ser pequeno ou mais simples. “No fim, tudo depende do bom senso. É só usá-lo”, conclui Lemos.

Rapha

Related Posts