Minissaia repaginada: após reinado da midi, o comprimento curto surge mais sério do que sexy

Minissaia repaginada: após reinado da midi, o comprimento curto surge mais sério do que sexy

_DSC0065_DSC0430

Temos que concordar que no o ano de 2014 definitivamente não foi o ano da minissaia, já que a tão temida saia midi reinou absoluta em produções criativas e cheias de referências de moda. Neste ano, entretanto, que mal começou, a peça que tem como característica principal o comprimento curto, voltam a conferir lugar cativo no closet das fashionistas. Afinal, com os anos 60 dando o tom nas coleções mundo afora, é natural que o perfume sessentinha ganhe releitura contemporânea. Se antes o estilo remetia à sensualidade, atualmente está em um momento mais sério, em que a regra é contrapor o ar sexy da peça com elementos que são opostos, flertando com o esportivo e minimal. Magna Coeli, estilista à frente da Refazenda, explica que combinar a mini com uma camisa de modelagem ampla, por exemplo, é uma opção assertiva. “As saias são peças totalmente femininas e, por isso, estão sempre voltando como tendência”, comenta, enfatizando que estas peças são sinônimo de conforto e sofisticação, permitindo várias composições, que caem bem em diferentes ocasiões, desde que haja bom-senso na escolha.

 Minissaia

Rapha

Related Posts