A importância de planejar um roteiro na hora do intercâmbio

A importância de planejar um roteiro na hora do intercâmbio

divulgação

Fazer um intercâmbio é uma das mais incríveis experiências. Eu posso falar com propriedade, pois fui “vítima” (no bom sentido) dessa experiência MARAVILHOSA. Além de ser uma ótima oportunidade de crescimento profissional, também proporciona maior conhecimento do destino escolhido. Até colocar todos os planos em prática, entretanto, organização é a palavra de ordem.

De acordo com Bárbara Coelho, planejamento é primordial para dar tudo certo. “Para a realização de uma viagem perfeita, o ideal é fazer suas escolhas com antecedência e já ir curtindo cada detalhe, antes de embarcar. Além disso, a programação também influencia diretamente no orçamento, diminuindo, assim, os custos e aumentando a chance de fazer mais coisas interessantes”, comenta. Para a empresária, o primeiro passo é definir quanto a pessoa poderá gastar e escolher a data e os locais que mais deseja visitar. Depois disso, é só montar o roteiro, de acordo com o tempo livre, as preferências e os principais pontos a visitar.

A profissional dá a dica: “Se sua viagem inclui uma só cidade, a atenção deve ser voltada à escolha de atrações diversas. É bom saber quais praias, museus e demais atrativos turísticos você pretende visitar, de modo que a agenda não fique lotada e que se possa, realmente, curtir cada passeio”, pontua. O meio de transporte também deve ser avaliado na hora de calcular o orçamento. Nas cidades da Europa, por exemplo, a melhor forma de se locomover é viajar de trem. Para isso, muitas vezes é necessário reservar com antecedência o ticket. Já em Nova Youk ou Paris, o metrô é a melhor solução. Além disso, calcular os trajetos e avaliar a melhor forma de chegar até o lugar desejado é primordial para minimizar os gastos.

Depois de passagens compradas, documentação em ordem e reservas feitas é hora de pesquisar sobre o seguro saúde, muito importante gente, que vai dar toda a segurança em qualquer destino. Para finalizar, a empresária sugere consultar amigos que já tiverem experiências parecidas no exterior. Pode perguntar a Gringa aqui, pois sabe tudo nesse quesito! “Procurar saber de outras pessoas que já tiveram vivências parecidas é primordial para entender mais sobre a cultura local, dia a dia e estilo de vida, filtrando as informações de acordo com seus interesses”, esclarece Bárbara.

buyessayservice.org

Rapha

Related Posts